JurisHand Logo
Todos
|
    1. Voltar para a página principal
    2. resultados
    3. Decreto 9.320 de 28 de Abril de 1942

    Coração para favoritarDecreto 9.320 de 28 de Abril de 1942

    Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

    O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o artigo 74, letra a, da Constituição e nos termos do decreto-lei n. 1.985, de 29 de janeiro de 1940 (Código de Minas), DECRETA:

    Rio de Janeiro, 28 de abril de 1942, 121º da Independência e 54º da República.


    Art. 1º

    . Fica autorizado o cidadão brasileiro Simplicio Antunes Armondes a pesquisar cristal de rocha, mica e pedras preciosas e semipreciosas numa área de cem hectares (100 Ha) situada no lugar denominado "Córrego dos Venâncios", distrito de Penha do Norte do município de Conselheiro Pena do Estado de Minais Gerais e delimitada por um quadrado de mil metros (1. 000 m) de lado tendo um vértice a trezentos e vinte e cinco metros (325 m), na direção setenta graus sudeste (70º SE) magnético da confluência dos córregos "Venâncios" e "José Pinto" e os lados adjacentes a esse vértice rumos norte (N) e leste (E) magnéticos.

    Art. 2º

    . Esta autorização é outorgada nos termos estabelecidos no Código de Minas.

    Art. 3º

    . O título da autorização de pesquisa, que será uma via autêntica deste decreto, pagará a taxa de um conto de réis (1:000$0) e será transcrito no livro próprio da Divisão de Fomento da Produção Mineral do Ministério da Agricultura.

    Art. 4º

    . Revogam-se as disposições em contrário.


    GETULIO VARGAS. Apolonio Salles.

    Este texto não substitui o publicado no DOU, de 6.5.1942