home
Busca

Encontrar artigo

Busca

Selecione o artigo desejado

Decreto 35512 de 18/5/1954

Institui o escudo de armas, o estandarte sêlo para o colégio naval.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , usando da atribuição que lhe confere o artigo 87, inicio I, da constituição, decreta:
Rio de Janeiro, em 18 de maio de 1954; 133º da independência

Art. 1º

Ficam adotados, para o colégio naval, o escudo de armas, o estandarte e o sêlo cuja descrição heráldica e explicação se encontram abaixo, com desenhos anexos:

a)

Escudo de armas: Em campo azul uma âncora de prata e brocante sôbre ela, um livro aberto, de sua côr, encadernado, de púrpura e ouro, com as palavra, Classis Spes , em letras pretas. O escudo encimado pela coroa naval. Simbolismo: A âncora simboliza a marinha que vê nos alunos do colégio Naval, representado pelo livro aberto, a esperança da armada - Classis Spes .

b)

Estandarte: Retângulo de sêda azul, de 1,20m por 1,00m com âncora e o livro do escudo de armas, bordados no centro. A haste é encimada por uma esfera armilar e guarnecida com um laço da mesma côr, tendo franjas de ouro e a inscrição - Colegio Naval - em letras do mesmo metal.

d)

sêlo: Circular: tendo no centro as peças do escudo de armas (âncora e o livro). Em redor, dentro de dois circulos concêntricos limitados por cabos ter minando em nó direito, os dizeres-Colégio Naval -. Tudo de acôrdo com os desenho anexos.

Art. 2º

O Presente decreto entrará em vigor na data de sua publicação.

Getulio Vargas Renato de Almeida Guillobel